Top 10 concursos públicos para a área policial em 2021

Confira os concursos previstos para 2021 para as polícias militar, civil e federal. Descubra também o que é preciso para se candidatar a cada um dos cargos!

A cada ano que passa mais pessoas recorrem aos concursos públicos como forma de conseguirem um emprego que ofereça uma boa remuneração, estabilidade e benefícios. E nos concursos para a área de segurança pública ainda vemos um algo a mais entre os concurseiros: vocação. Em geral, os candidatos que buscam essa área contam que sempre tiveram o sonho de entrar para a polícia e estão indo em busca da realização de um sonho.

E para a felicidade dos concurseiros, o ano de 2021 promete muitas oportunidades para a área policial. Com a pandemia do novo coronavírus, muitas das seleções que estavam previstas para este ano acabaram sendo adiadas para 2021, quando acredita-se que já haverá uma vacina capaz de previnir a infecção pelo vírus.

Portanto, se você busca uma oportunidade de entrar para a polícia, seja militar, civil ou federal, precisa ficar por dentro dos concursos que estão por vir e começar a estudar antes mesmo da saída do edital. Confira as provas previstas para 2021!

1 - Polícia Federal (PF)

O concurso da Polícia Federal com 2 mil vagas é um dos mais aguardados do país. O Presidente Jair Bolsonaro já havia autorizado a realização desta seleção, mesmo que de forma extraoficial. Desse modo, os concurseiros estão na expectativa de saber quando o sairá o edital, como andam os preparativos, quantas vagas contempladas, etc. Estas e outras perguntas foram respondidas pelo presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luís Boudens, em suas redes sociais. Boudens já antecipou uma novidade sobre quando o concurso terá uma banca: “Acreditamos no cumprimento do cronograma e, por isso, a banca já deve sair em outubro”.

O presidente da federação informou essa previsão levando em conta o cronograma sugerido, que foi apresentado ao Governo Federal no início de agosto, junto com o pedido de concurso. Esse cronograma prevê que a assinatura de contrato com a banca organizadora aconteça no dia 23 de novembro, com edital sendo divulgado no dia 08 de dezembro, provas sendo aplicadas em abril de 2021 e o resultado final após a conclusão de todas as etapas de avaliação sendo divulgado em dezembro do ano que vem.

As 2 mil vagas previstas para a próxima seleção serão destinadas a quatro cargos da área policial:

  • 1.016 vagas de agente;
  • 600 vagas de escrivão;
  • 300 vagas de delegado;
  • 84 vagas de papiloscopista.

Para se candidatar aos cargos de  agenteescrivão ou papiloscopista é necessário possuir qualquer curso superior em nível de graduação. A remuneração para todas essas carreiras é de R$12.522,50 mensais. Já para se candidatar ao cargo de delegado, é necessário possuir diploma de graduação de nível superior de bacharel em Direito, além de, no mínimo, 3 (três) anos de experiência em atividade jurídica ou policial, comprovados no ato da posse. A remuneração para delegado é de R$ 23.130,48.

2 - Polícia Rodoviária Federal (PRF)

concurso PRF está previsto para acontecer em breve. O certame já foi confirmado, inclusive, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, também durante a live realizada dia 20 de agosto, onde ele confirmou o aval para o concurso da PF.

E, ainda mês passado, o diretor executivo da PRF comentou nos stories do seu Instagram sobre o apoio do presidente Jair Bolsonaro aos projetos da PRF: "O presidente Jair Bolsonaro vem dando todo apoio aos projetos da PRF! Só temos que agradecer, servindo ao país com excelência".

Para obter de imediato a abertura do concurso, a PRF acelerou os preparativos, por meio da formação de uma comissão organizadora que ficará responsável por elaborar o projeto básico do edital. Na tarde de hoje (21) o Diretor executivo da PRF, José Lopes Hott Júnior, recebeu da comissão organizadora o projeto básico que servirá de referência para as bancas enviarem as propostas para assumirem a organização do próximo concurso da corporação. Sem perder tempo, a PRF entrará em contato com as empresas, esperando o aval do Governo Federal para contratar a banca e deixar tudo pronto para lançar logo o edital.

Para disputar as vagas de policial rodoviário federal, é preciso ter nível superior em qualquer área de formação, estar na faixa de idade entre 18 a 65 anos e possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior. A remuneração a ser paga é de R$10.357,88 mensais. Nesse valor está incluso o pagamento do vale-alimentação.

3 - Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMERJ)

Foi anunciado que o próximo concurso de soldados da Pmerj deverá abrir 2 mil vagas. Para que esse concurso seja definitivamente aberto, será preciso encerrar todas as convocações do último concurso para esse cargo, que aconteceu em 2018 e, portanto, ainda está na validade. Recentemente, a corporação convocou 400 remanescentes para ingressar às turmas do Curso de Formação. Os outros 400 aprovados nesse mesmo concurso aguardam a Pmerj alcançar o déficit de vagas necessário (400 vagas) para também serem convocados; o que deve acontecer até dezembro deste ano.

Para o próximo concurso de soldados da PMERJ, os concorrentes precisarão obedecer aos seguintes requisitos:

  • Ter ensino médio completo;
  • Estar na faixa etária entre 18 e 30 anos;
  • Altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens;
  • Possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior;

O formato de avaliação deverá ser o mesmo da seleção anterior, com a aplicação de prova objetiva e redação, exames psicológico e antropométrico, prova física, teste toxicológico, exame médico e pesquisa social e documental.

Por fim, vem o curso de formação. Durante o curso, os aprovados receberão remuneração de R$2.213,62, e após à formatura o valor sobe R$3.452,55. Os contratos de trabalho serão pelo regime estatutário, que assegura a estabilidade ao servidor.

De 4 a 10 - Polícia Civil do Rio de Janeiro (PC-RJ) - 7 editais

O governador afastado, Wilson Witzel, autorizou ano passado a realização de um concurso para a PC-RJ, com 864 vagas, distribuídas entre sete carreiras. A polícia civil já confirmou que será um edital para cada carreira. Confira!

  • 12 vagas de Auxiliar de Necropsia – para candidatos com nível fundamental completo;
  • 16 vagas de Técnico de Necropsia – para quem possui nível médio completo;
  • 20 vagas de Perito Criminal – para candidatos com nível superior em Engenharia, Informática, Farmácia, Veterinária, Biologia, Física, Química ou Ciências Contábeis;
  • 54 vagas de Perito Legista – para quem tem nível superior em Medicina, Odontologia, Farmácia ou Bioquímica;
  • 47 vagas de Delegado – para graduados em Direito;
  • 118 vagas de Investigador – para concorrentes com nível médio completo;
  • 597 vagas de Inspetor – para quem tem formação superior em qualquer área;

A expectativa é de que os interessados em ingressar à corporação sejam avaliados no primeiro trimestre do próximo ano, já que, segundo a delegada e vice-presidente da Fundação de Apoio ao Ensino Pesquisa e Desenvolvimento da corporação (Faepol), Thaianne Moraes, só vale a pena divulgar os sete editais quando houver condições sanitárias seguras para realizar as provas. A PC-RJ não quer publicar uma data e ser obrigada a adiá-la depois por causa da pandemia, como tem acontecido com diversas seleções.

Já que estamos falando sobre as provas, os candidatos já sabem que poderão concorrer a mais de um cargo, uma vez que os exames serão aplicados em datas diferentes. Vale salientar que isso só será possível se o candidato estiver dentro dos requisitos básicos dos cargos aos quais for concorrer, é claro.

De acordo com o termo de referência, uma espécie de espelho do que será o edital desse concurso, os candidatos ao cargo de delegado serão avaliados por meio de provas objetivas, provas discursivas, provas orais, teste de aptidão física (TAF), exame psicotécnico e exame médico. Já os concorrentes aos demais cargos passarão por quase todas essas etapas, exceto pelas provas discursivas e orais.

Os habilitados nas etapas citadas ainda passarão por curso de formação e prova de investigação social, ambos sob organização da Academia Estadual de Polícia Sylvio Terra (Acadepol). Após serem contratados, os novos profissionais receberão as seguintes remunerações:

Em todos esses valores está incluso o pagamento do auxílio-alimentação, no valor de R$264.

 

 

Fale agora com um consultor!

Publicado: 21 de September de 2020