Degrau Cultural: cursos para áreas policiais e tribunais são os mais buscados pelos concurseiros

Mauro Lasmar, diretor pedagógico da Degrau Cultural, disse que 90% dos alunos que estão se preparando para concursos públicos, buscam as área policial e de tribunais.

A pandemia foi uma verdadeira prova de fogo para os concurseiros que passaram 2020 se preparando para os concursos nos quais se inscreveram, sem ao menos saber quando farão as provas. Para que eles se mantivessem motivados e focados em suas maratonas de estudos, nada melhor que uma empresa como a Degrau Cultural para lembrá-los que só o estudo diário e devidamente organizado os levará rumo à vitória.

E a Degrau vem aprovando milhares de candidatos desde 1983, quando foi fundada. De acordo com o diretor pedagógico da empresa, Mauro Lasmar, que atua como preparador de concursos há 29 anos, há uma média de 10 mil alunos matriculados por ano. Para Mauro, “eles vêm em busca de estabilidade e qualidade de vida ou estão desempregados e precisam de emprego, ou o emprego atual paga um salário insuficiente”. A faixa etária dos matriculados varia entre 17 a 64 anos e o perfil deles é o mais variado possível, indo desde desempregados, passando por garis, até diretores de empresas com boa remuneração.

Em geral, o número de concurseiros homens e mulheres é mais ou menos equilibrado, porém, dependendo da área, essa equivalência não existe. Por exemplo, nos concursos para órgãos de segurança pública como Polícia Civil e Polícia Federal, há mais homens inscritos. Já em concursos para tribunais, a predominância é feminina.

Áreas mais procuradas pelos concurseiros

Os concursos mais buscados pelos alunos são os das áreas fiscais, policiais e de tribunais. Para Mauro Lasmar “Na Degrau, área Fiscal são 10% dos alunos e os outros 90% se dividem entre a área Policial e Tribunais, com uma pequena prevalência deste último”.

Sendo assim, atualmente, os cursos de maior adesão por parte dos concurseiros são os para os cargos da Polícia Civil, como os de auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, investigador e inspetor.

Detalhes sobre o curso

Antes da pandemia da Covid-19, a maior quantidade de alunos matriculados estava nos cursos presenciais da Degrau, localizados nas unidades do Centro do Rio de Janeiro, Bonsucesso, Campo Grande, Méier, Madureira, Taquara e no município de Niterói. Porém, em função dessa crise mundial de saúde pública, os cursos online ganharam força:    

O número de matrículas que fazemos para o presencial é um pouco maior do que para o online. A pandemia restringiu a oferta de cursos presenciais. Passamos, então, a oferecer um curso à distância, em tempo real, com os alunos podendo fazer pergunta aos professores”, explicou Mauro Lasmar.

Com uma plataforma multidisciplinar, a Degrau Cultural utiliza aulas objetivas, direcionadas, abre turmas de simulados avançados após o curso, além de vender apostilas e soluções de aplicação para que o aluno faça as questões de provas anteriores em casa. É com essa estratégia inovadora que os alunos da Degrau conseguem a aprovação após um ano e meio de preparação, em média.

Sendo assim, se você sonha em 2021 ou nos anos seguintes ingressar no serviço público , matricule-se na Degrau Cultural! Mauro Lasmar lembra que a empresa oferece apostilas e turmas regulares, de exercícios, simulados, módulos por matéria, tudo presencialonline gravado ou live”. Ferramentas não faltam para você adquirir mais conhecimento e se destacar entre os seus concorrentes.  

 

Fale agora com um consultor!

 

Publicado: 24 de November de 2020