Concurso Uerj: veja erros a serem evitados em Informática

Professor Paulo Daniel orienta estudo de Informática e aponta assuntos com mais chances de serem explorados na prova de assistente administrativo da Uerj.

O concurso Uerj, para o cargo de assistente administrativo, reúne quase 16 mil inscritos. Dependendo da localidade para qual o participante optou, a concorrência vai de 148 (Ilha Grande) a 2.058 (Rio de Janeiro) candidatos/vaga. Com a disputa bastante acirrada, qualquer erro na preparação na seleção para a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) pode ser fatal, garante professores.

No que tange à disciplina de Informática, uma falha muito comum cometida pelos candidatos, segundo o professor Paulo Daniel do Nascimento, é negligenciar a disciplina por já ter “conhecimento” das ferramentas usadas no dia a dia. Segundo ele, esse erro costuma ser cometido, em maior escala, por aqueles que já têm uma boa prática em Informática.

“Devemos lembrar que Informática para concursos é uma matéria extremamente teórica. O examinador não vai perguntar sobre copiar e colar, pois isso todos já sabem. Normalmente, os conteúdos cobrados em prova são conceitos, ferramentas ou funções pouco usados no cotidiano”, alertou o professor.

Uma outra falha que o candidato do concurso Uerj não pode cometer, segundo Paulo Daniel, é destinar mais tempo de estudo a uma disciplina ou conteúdo. “Ele tem que ter em mente que as quatro matérias do concurso da Uerj têm o mesmo peso. Então, deverá dividir a carga horária de estudo igualmente. Não adianta gastar mais tempo estudando as matérias com as quais ele tem mais afinidade. É importante ter um conhecimento bem nivelado de todas as matérias do edital.

Professor aponta assuntos mais relevantes

Informática contará com 15 questões na prova de assistente administrativo da Uerj. Sendo assim, segundo Paulo Daniel, há espaço para que todo o conteúdo programático da disciplina seja cobrado. No entanto, ele apontou quais são os assuntos que tendem a ser mais explorados: “Normalmente os assuntos mais cobrados em concursos são os conceitos de internet, planilhas eletrônicas e editores de texto.”

Mas o que se pode esperar de uma prova elaborada pelo Dsea, que até então não realizava concursos e organizava apenas o vestibular da Uerj? Como conhecer o perfil de questões de Informática desta banca se ela não possui um acervo para os candidatos se exercitarem? O professor Paulo Daniel explica o que deve ser feito.

“O Dsea como organizadora do concurso é uma incógnita para todos nós. Um bom caminho é estudar baseado nas questões de provas anteriores elaboradas pelo Cepuerj, que também é uma banca da própria Uerj. No entanto, os candidatos devem também resolver questões de outras organizadoras tradicionais para fixar bem o conteúdo, tais como Cebraspe, FCC, FGV, Cesgranrio, IBFC e AOCP”, recomendou o professor, destacando ainda que conciliar a teoria com as questões de provas de concursos é a melhor estratégia de estudo a ser adotada em Informática.

O professor Paulo Daniel recomenda que os candidatos do concurso Uerj utilizem o computador, durante o estudo de Informática, de forma comedida. “É importante fazer as questões sem consultar o computador, pois assim você conseguirá reproduzir o cenário da prova. Utilizar o computador para consultar é interessante quando se estiver estudando teoria ou corrigindo as questões”, finalizou.

 

Fale agora com um consultor!

 

Publicado: 24 de August de 2021