Concurso TJ-RJ: Presidente diz que edital sai até janeiro de 2020

Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro oferecerá 100 vagas imediatas, mais cadastro de reservas

O concurso do TJ-RJ terá edital publicado em dezembro deste ano ou em janeiro do ano que vem. Quanto às provas, estas serão realizadas ainda no primeiro semestre (2020). As informações são do próprio Presidente do órgão, o Desembargador Claudio Mello Tavares,  em entrevista a um jornal do Rio de Janeiro, na última terça-feira (20).

De acordo com o Presidente, a oferta será de 100 vagas imediatas, distribuídas entre os cargos de técnico judiciário sem especialidade, analistas judiciários sem especialidade e analistas de áreas específicas.

A notícia vem em momento bastante propício, já que o prazo de validade do último concurso para técnicos judiciários, realizado em 2014, foi encerrado no último domingo. Sendo assim, novos profissionais para o cargo só poderão ser convocados a partir de um novo edital.

O cargo de técnico judiciário é a principal oportunidade oferecida pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro e é o cargo que o Tribunal tem mais necessidade de contratar. 

As maiores vantagens que o TJ oferece são as remunerações, que costumam ser acima da média do mercado (principalmente para o cargo de Técnico judiciário, que exige apenas nível médio) e a estabilidade, uma vez que a contratação é pelo regime estatutário  (que garante estabilidade empregatícia). Além disso, os servidores do Tribunal recebem benefícios, como: auxílio-alimentação e auxílio-locomoção (valores já inclusos no vencimento oferecido a cada cargo), plano de saúde e auxílio-creche ou educação (no valor de R$ 1.238,11).

O analista de execução de mandados recebe ainda gratificação de atividade externa (GAE), por realizar, como o próprio nome já diz, atividades externas, ou seja, fora do ambiente de trabalho. O valor da gratificação corresponde a 30% do vencimento, o que equivale a R$ 1.912,16.

Os 100 candidatos selecionados no concurso poderão ser alocados na sede do TJ-RJ ou nas comarcas distribuídas por todo o estado.

Veja na tabela a seguir os requisitos para ocupar cada cargo e a remuneração inicial de cada um deles!

Cargo Requisito Remuneração inicial
Técnico judiciário sem especialidade Nível médio completo R$ 5.556,06
Analista judiciário sem especialidade Nível superior em Direito, Administração, Economia ou Contabilidade. R$ 8.059,89
Analista judiciário (Psicologia) Nível superior em Psicologia R$ 8.059,89
Analista judiciário (Assistente Social) Nível superior em Serviço Social R$ 8.059,89
Analista judiciário (Comissário da infância, juventude e idoso) Nível superior em Direito, Serviço Social, Sociologia, Psicologia, Administração ou Pedagogia. R$ 8.059,89
Analista judiciário (Medicina) Nível superior em Medicina. R$ 8.059,89
Analista judiciário (Análise de Sitemas) Nível superior em Análise de Sistemas R$ 8.059,89
Analista judiciário (Execução de Mandados) Nível superiro em Direito.

R$ 9.072,05

 

Até 860 aprovados em cadastro de reservas 

Além das 100 vagas iniciais, o Tribunal de Justiça fará um cadastro de reservas, como de costume. A expectativa é de que uma boa parte dos aprovados seja chamada durante o prazo de validade do concurso, que é de 2 anos.

Isso porque, de acordo com Diretor de Gestão de Pessoas do TJ, Gabriel Albuquerque Pinto, a média de aposentadorias no órgão é de 20 por mês. Se essa média se mantiver durante o prazo de validade do concurso, o órgão precisará de mais 860 servidores (além dos 100 de contratação imediata).

 

Um terço dos que se aposentam são Técnicos Judiciários

Apesar do TJ ainda não ter informado como será a distribuição das 100 vagas iniciais entre os cargos, é provável que o cargo de Técnico Judiciário (nível médio) seja o que ofereça a maior parte das oportunidades, uma vez que dos 333 servidores que se aposentaram recentemente, 100 exerciam a função de técnico .

De acordo com dados do portal de transparência do Tribunal, existem 858 cargos vagos de técnico judiciário.

 

Garanta sua vaga no TJ-RJ

Para conquistar sua vaga como Técnico Judiciário no Concurso TJ - RJ você precisará estar bem preparado, pois a concorência é grande. Como o edital já tem previsão de sáída, a hora de focar nos estudos é agora! Não perca tempo! 

Ainda durante ea entrevista, o próprio Presidente do TJ deixou uma dica para quem pretende fazer o concurso do tribunal:

"Passe a estudar a partir de hoje, ou seja, dia 20 de agosto de 2019. Tenham fé em Deus. Vocês são capazes. Todos nós temos a oportunidade de alcançar nosso lugar ao sol. Depende da nossa força de vontade, determinação e meta..."

 

Fale agora com um consultor

Publicado: 21 de August de 2019