Concurso TJ-RJ deverá ter novos avanços em outubro

O mês de outubro deverá ser decisivo para os preparativos do próximo Concurso TJ-RJ para a área de apoio. Isso porque a validade da última seleção do tribunal para o cargo de analista, realizada em 2014, se encerra no próximo dia 7 de outubro. Tendo a validade da última seleção para técnicos expirado em agosto, o caminho para o Concurso TJ-RJ estará aberto.

Primeiramente, o Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) formará uma comissão organizadora do concurso. A comissão se trata de um grupo de trabalho interno do tribunal que definirá os detalhes gerais da seleção, elaborando o projeto básico que será enviado às possíveis bancas organizadoras.

De acordo com o presidente do TJ-RJ, Cláudio de Mello Tavares, a oferta do concurso deverá ser de 100 vagas para os cargos de técnico e analista judiciário. Além das vagas de preenchimento imediato, ainda deverão ser realizadas convocações através do cadastro de reservas ao longo do prazo de validade do concurso (dois anos, prorrogáveis por mais dois).

É importante destacar que o TJ-RJ tem o histórico de sempre recorrer fortemente às convocações via cadastro de reservas. Até este ano, de 2019, ainda estavam sendo feitas convocações de concursos TJ-RJ de anos anteriores. A previsão é de que a próxima seleção seja realizada em 2020.

Conheça as carreiras oferecidas no Concurso TJ-RJ

Apesar de ainda não haver um projeto básico do próximo concurso, o TJ-RJ já confirmou quais cargos serão envolvidos em sua próxima seleção. O que não se sabe ainda é a distribuição das 100 vagas imediatas que devem ser oferecidas.

O cargo de técnico judiciário sem especialidade requer apenas nível médio completo. A remuneração inicial da carreira é de R$5.556,06 mensais, contando R$3.870,06 de vencimento básico, R$1.290 de auxílio-alimentação e R$396 de auxílio locomoção (R$18 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

Já a função de analista judiciário terá oportunidades para analista sem especialidade (formação em Administração, Direito, Contabilidade ou Economia) e para analista nas seguintes áreas: execução de mandados (Direito); comissário da infância e juventude (Administração, Serviço Social, Sociologia, Psicologia, Pedagogia e Direito); Psicologia, Assistência Social, Medicina e Análise de Sistemas.

A remuneração do analista é de R$8.059,89, sendo R$6.373,89 de salário-base, R$1.290 de auxílio-alimentação e R$396 de auxílio locomoção (R$18 por dia útil, considerando 22 dias úteis).

 

                           Fale agora com um consultor

Publicado: 10 de September de 2019