Concurso TJ-MG: banca deve ser definida na próxima semana

Tem novidade vindo aí no meio jurídico! O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG) está organizando um novo concurso público da 1ª instância. A seleção visa convocar profissionais de nível médio e superior e os salários chegam a até R$4.202,60. A quantidade de vagas e a banca organizadora ainda estão em processo de definição.


O projeto básico do concurso foi anunciado em julho deste ano. Na última quarta-feira (10), o tribunal divulgou alterações no documento do concurso, mas nada relacionado às vagas ou aos cargos que serão oferecidos. Foram modificados apenas detalhes referentes à contratação da banca organizadora.


A banca organizadora será escolhida por meio de pregão eletrônico, sendo o critério de escolha o menor preço para realização do projeto. O processo havia sido marcado, inicialmente, para o mês de setembro, mas acabou sendo adiado por causa das alterações no projeto básico.


Agora, a licitação através do pregão está agendada para o dia 19 de outubro (próxima sexta-feira), às 10h. Uma vez concluído o processo e definida a banca organizadora, o Concurso TJ-MG para a 1ª instância deve agilizar a publicação do edital do concurso, podendo ocorrer ainda em 2018.


Os cargos e as provas do Concurso TJ-MG


O Tribunal de Justiça ainda não divulgou quantos funcionários pretende contratar com esta seleção, mas os cargos já foram revelados. Serão três cargos contemplados nesta oportunidade: técnico judiciário, como assistente social judicial ou psicólogo judicial, e oficial de justiça avaliador.


Os técnicos judiciários precisam ter diploma universitário em suas respectivas áreas e os vencimentos iniciais são de R$4202,60. Já para o cargo de oficial de justiça avaliador, a exigência é apenas o ensino médio completo e a remuneração é de R$2.683,58. A carga horária para ambos é de 40 horas semanais de trabalho.


De acordo com o projeto básico da seleção, ainda não há data para abertura das inscrições mas já há valor definido para as taxas: os interessados terão de efetuar pagamento de R$70 (nível médio) e R$90 (nível superior).


Os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva e redação. As provas objetivas serão compostas por 60 questões, das disciplinas de Língua Portuguesa, Noções de Direito, Noções de Informática e Conhecimentos Específicos. A redação, por sua vez, será um texto dissertativo.

Publicado: 11 de October de 2018