Concurso Senado: projeto do edital será debatido na próxima quinta-feira (5)

O concurso Senado, que traz 40 vagas para os níveis médio e superior, terá o projeto do seu edital debatido na próxima semana. 

Nesta sexta-feira (29) foi publicado no Diário Oficial da União o aviso de que o projeto do edital do próximo Concurso Senado será debatido em audiência pública na próxima quinta-feira (5), às 15h. Este é o primeiro passo rumo à escolha da banca organizadora do concurso.

Na publicação desta sexta-feira, o órgão convoca as instituições interessadas em organizar a seleção a participarem da audiência. Entretanto, é importante esclarecer que a empresa organizadora ainda não será definida nesta audiência. Neste primeiro momento o Senado visa realizar apenas uma consulta ao mercado e debater assuntos relevantes para a elaboração do projeto, documento que traz informações importantes sobre o concurso, e que permitirá o início do processo licitatório para escolha da banca. 

No site do Senado eles defendem a importância dessa reunião por já ter passado muito tempo desde o último certame realizado pela casa. O último concurso foi realizado em 2012 e ofereceu 246 vagas, divididas entre cargos de nível médio (93), médio/técnico (11) e superior (142). A seleção atraiu mais de 157 mil inscritos e os resultados foram homologados no mesmo ano. 

Dentre os assuntos que serão abordados estão: os sistemas de detecção de fraudes; avaliação de questões de acessibilidade nas provas; modalidade de elaboração de provas; e sistema de cotas. 

O concurso está autorizado desde o mês passado e os trabalhos de pesquisa para elaboração do projeto básico da seleção já foram iniciados. 

Apesar do déficit de servidores no órgão ser alto, o concurso Senado trará apenas 40 vagas imediatas, para cargos de níveis médio e superior, uma vez que o orçamento não possibilita mais do que isso no momento. Entretanto, a seleção vai formar cadastro de reserva, que poderão ser chamados durante o prazo de validade do concurso. 

Os selecionados serão contratados pelo regime estatutário, que garante estabilidade ao servidor. 

As oportunidades serão distribuídas por cargos de níveis médio e superior de escolaridade.

 

Enquanto aguarda novo concurso, Senado registra mais de mil cargos vagos

O cargo que concentra o maior número de vagas no próximo concurso é o de técnico legislativo, na especialidade de policial legislativo: 24 vagas. A carreira requer nível médio e a remuneração inicial é de R$ 19.573,46.

As demais oportunidades são voltadas para candidatos de nível superior. Quatro vagas são destinadas ao cargo de advogado, cujo requisito será o nível superior em Direito. A remuneração, em início de carreira, será de R$ 33.003,05.

Haverá ainda 12 vagas para analista legislativo, em diversas áreas de formação universitária. O salário inicial para a carreira é de R$25.764,85. 

As oportunidades se distribuem entre as habilitações de Administração (duas), Arquivologia (uma), Assistência Social (uma), Contabilidade (uma), Enfermagem (uma), Informática Legislativa (uma), Processo Legislativo (uma), Registro e Redação Parlamentar (uma), Engenharia do Trabalho (uma), Engenharia Eletrônica e Telecomunicações (uma).

A lotação dos aprovados será em Brasília (DF). Mas, se o novo concurso Senado  for como o anterior, haverá aplicação de provas em todas as capitais do país, facilitando que candidatos de vários estados brasileiros participem.

Publicado: 29 de November de 2019