Concurso PRF: diretor confirma que será uma seleção nacional

José Lopes Hott Júnior voltou a responder às perguntas no Instagram e garantiu que o próximo concurso da PRF será à nível nacional e não regionalizado.

O diretor executivo da Polícia Rodoviária Federal, José Lopes Hott Júnior, mais uma vez, respondeu às perguntas dos seguidores em seu Instagram no último domingo (27), e não no sábado, como de costume. E como sempre o tema “Concurso PRF” foi um dos mais citados nessas perguntas. Uma delas, que chama a atenção, foi a respeito do próximo concurso da corporação ser a nível nacional ou regionalizado. Hott Júnior respondeu que será um concurso de concorrência nacional:

É importante ter claro que o concurso nacional significa que a concorrência é geral; as provas realizadas em todas as capitais e a localidade de exercício após a posse só é escolhida no final do CFP, pela ordem de classificação, dentre as localidades que tiverem vagas”, explicou Hott Júnior.

Com essa confirmação, está descartada a possibilidade do próximo concurso da Polícia Rodoviária ser regionalizado, como ocorreu em 2018. Veja abaixo outras perguntas respondidas pelo diretor:

Pergunta: Vai ter edital neste ano?

Hott Júnior: Se depender de nós, SIM ou COM CERTEZA?"

Pergunta: Sonhei com o edital em 2021 e prova em 2022.

Hott Júnior: "Acho que precisará antecipar esse sonho.

Pergunta: Existe a possibilidade dos concursos para a PRF serem realizados todos os anos?

Hott Júnior: Nesse momento, acho pouco provável. A meta é conseguir concursos a cada dois anos".

Pergunta: Acredita que a prova acontece até maio ou só depois?

Hott Júnior: “Será 4 meses após a publicação do edital”.

Pergunta: Depois da autorização do presidente, leva em média quanto tempo para o edital?

Hott Júnior: “Acredito que entre 30 a 60 dias”.

Pergunta: Pode acontecer de sair o edital sem sair a autorização no DOU?

Hott Júnior: “Não... o edital cita expressamente o ato de autorização”.

Bolsonaro confirma edital com 2 mil vagas

Na última quinta-feira, 24 de setembro, o Presidente da República Jair Bolsonaro confirmou que o próximo concurso da PRF trará 2 mil oportunidades, e declarou que o edital dessa seleção poderá ser divulgado entre o final deste ano e o início de 2021. Hott Júnior respondeu a um seguidor do Instagram que essa declaração do Presidente vai ao encontro das expectativas da Polícia Rodoviária:

O presidente nos pede projetos e apoia todas as demandas de fortalecimento institucional. Cada projeto no tempo certo, a PRF ficará ainda mais preparada para prover pronta resposta federal".

O discurso de Bolsonaro é animador, pois amplia a possibilidade do pedido de concurso com ser aprovado pelo Ministério da Economia, ou mesmo, ser aprovado com um quantitativo maior de vagas.

Até mesmo para adiantar os preparativos para quando sair essa autorização, a PRF já formou uma comissão organizadora, grupo formado por quatro servidores que foi responsável por elaborar e entregar o projeto básico do concurso ao diretor da corporação, que, inclusive, já confirmou o recebimento do documento. Esse projeto serve como referência para as bancas organizadoras prepararem suas propostas e encaminharem à comissão para, caso a proposta seja aprovada, assumir a organização do concurso para as seguintes carreiras:

  • Policial rodoviário: 2.634 vagas para candidatos com nível superior em qualquer área de formação, com idade mínima de 18 anos e máxima de 65 anos, e que possuam Carteira Nacional de Habilitação a partir da categoria B;
  • Agente administrativo: 138 vagas para candidatos com apenas nível médio completo e idade mínima de 18 anos.

Os futuros servidores no cargo de agente terão remuneração no valor de R$4.022,77, enquanto que os novos policiais rodoviários receberão remuneração mensal de R$10.357,88, já incluindo o pagamento do auxílio-alimentação.

 

Fale agora com um consultor!

 

Publicado: 28 de September de 2020