Concurso Pmerj: correções na seleção de 2014 são cobradas por deputado

Renato Zaca cobra que o governo do Estado do Rio de Janeiro corrija as irregularidades ocasionadas pela prova de História do concurso da Polícia Militar de 2014.

O governador interino do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, recebeu na última quarta-feira, 25 de novembro, a indicativa legislativa 4499/2020 assinada pelo deputado estadual Renato Zaca (Solidariedade), em que o parlamentar cobra por correções imediatas nas questões de História aplicadas no concurso de 2014, pois elas apresentam irregularidades. O governador ainda não se pronunciou oficialmente sobre a iniciativa do deputado.

Pede-se ao Poder Executivo para que possa reparar este erro grave e comprovado, para que todos os prejudicados tenham seus sonhos e planos restaurados", explicou o deputado na indicação.

A comissão de aprovados nessa última seleção aponta que a gestão do governador Luís Fernando Pezão contratou a banca Exatus, que estava com os direitos suspensos de licitar com a administração por um período de cinco anos. Fora a tão citada irregularidade em três questões de História, em que ela defende sua anulação por estarem em discordância com o conteúdo programático publicado na época, apontando que essas questões foram retiradas da internet. A comissão tem uma ação civil pública protocolada desde 2015 e já obteve algumas vitórias no Supremo Tribunal de Justiça (STJ).  

Outra decisão judicial concedeu à 469 aprovadas no concurso da Polícia Militar de 2014 o direito de participar do curso de formação, já que elas obtiveram a aprovação nas provas objetivas, mas que não ficaram entre os classificados. Desse modo, se elevará o número de remanescentes que aguardam por uma convocação na Polícia Militar.

Sobre o próximo concurso da Polícia Militar

Esse é outro concurso aguardadíssimo pelos concurseiros do Rio de Janeiro. Mas para que a corporação possa abrir novas vagas, é preciso que os aprovados na última seleção, realizada em 2014, sejam convocados para compor o quadro de pessoal. O coronel Rogério Figueredo havia afirmado durante uma coletiva de imprensa realizada no dia 08 de outubro que a convocação da próxima turma, com 400 matriculados, deve ocorrer entre janeiro e fevereiro do próximo ano.

Assim que forem encerradas todas as etapas do concurso de 2014, o concurso para 2 mil vagas para o cargo de soldados será oficialmente aberto:

Vamos finalizar o concurso de 2014 e preparar o novo concurso. Não há nenhuma decisão contrária”, completou o coronel Figueredo.

Quando for aberto, o concurso de soldados da Pmerj destinará oportunidades para pessoas que tenham concluído o nível médio, que estejam na faixa etária entre 18 a 30 anos, com altura mínima de 1,60m para mulheres e 1,65m para homens, e ainda Carteira Nacional de Habilitação na categoria B ou superior. Durante o curso de formação, a remuneração será de R$2.213,62 e após a formatura, subirá para R$3.452,55.

A Polícia Militar fluminense ainda realizará um concurso com 32 vagas para o cargo de oficial e outro com 67 vagas para as funções da área da saúde da corporação.   

Fale agora com um consultor!

Publicado: 27 de November de 2020