Concurso PF: como serão as etapas de avaliação para os cargos da área policial?

Confira abaixo o formato de avaliação para quem irá concorrer às vagas de agente, escrivão, delegado ou papiloscopista da Polícia Federal.

O novo concurso da Polícia Federal está muito perto de ser autorizado pelo Ministério da Economia. E essa expectativa tem feito os concurseiros sonharem em ingressar no principal órgão de segurança pública do país, rumo a uma vida de estabilidade empregatícia e financeira, com salário entre R$12.522,50 e R$23.130,48.

Mas para tornar o sonho realidade, será preciso muito empenho e dedicação para se sair muito bem nas várias etapas de avaliação do concurso PF e conquistar uma vaga nos cargos de agente, escrivão, papiloscopista ou delegado.

Provas Objetivas – para todos os cargos

Os concorrentes a todos os cargos terão de responder a 120 questões, no formato de múltipla escolha. As disciplinas variam conforme a carreira:

Agente

Bloco 1: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico.

Bloco 2: Informática.

Bloco 3: Contabilidade Geral.

Escrivão

Bloco 1: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico.

Bloco 2: Informática.

Bloco 3: Contabilidade Geral e Arquivologia.

Papiloscopista

Bloco 1: Língua Portuguesa, Noções de Direito Administrativo, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Penal e Processual Penal, Legislação Especial, Estatística e Raciocínio Lógico.

Bloco 2:Informática.

Bloco 3: Arquivologia, Biologia, Física e Química.

Delegado

Bloco Único: Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Civil, Direito Processual Civil, Direito Empresarial, Direito Internacional Público e Cooperação Internacional, Direito Penal, Direito Processual Penal, Criminologia, Direito Previdenciário, Direito Financeiro e Tributário.

Provas Discursivas

Também para todos os cargos, exceto para o cargo de delegado, será exigido que os concorrentes produzam uma redação com um texto dissertativo argumentativo. No caso de delegado, costuma-se exigir a elaboração de uma peça prática e responder três questões sobre conteúdos de Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Penal e Direito Processual Penal.

Exame de Aptidão Física

Para todos os cargos, os aprovados que obtiverem bom desempenho na parte discursiva do concurso e passarem para os testes físicos terão de realizar os seguintes exercícios:

  • Teste em barra fixa;
  • Teste de impulsão horizontal;
  • Teste de natação (50 metros);
  • Teste de corrida de 12 minutos.

Prova oral (delegado)

Especificamente no caso do concurso de delegado, será preciso passar ainda por uma prova oral, na qual os concorrentes precisarão responder conteúdos das mesmas disciplinas cobradas na prova discursiva.

Outras etapas

A Polícia Federal ainda irá aplicar algumas etapas específicas para determinados cargos. Por exemplo, os inscritos no concurso de escrivão precisarão passar por uma prova de digitação, cuja pontuação mínima para ser aprovado é de cinco pontos.

Já os concorrentes ao cargo de delegado terão de passar por uma avaliação de títulos, para comprovar suas experiências ou qualificações profissionais, ajudando o concurseiro a subir na classificação final.

Na reta final do concurso PF, a Polícia Federal ainda aplicará Avaliação médica, Avaliação psicológica, Investigação social e Curso de formação aos aprovados nas etapas anteriores. Todas estas etapas são de caráter eliminatório.

 

Fale agora com um consultor!

 

Publicado: 24 de November de 2020