Concurso PF: 500 aprovados são empossados e pedido de novo concurso segue em análise

A Polícia Federal anunciou, na quarta-feira (13), a nomeação de 500 novos policiais federais da corporação. Os nomeados foram aprovados no último Concurso PF, realizado em 2018, e tiveram de concluir o curso de formação da PF antes de serem contratados.

De acordo com as portarias contendo as listas de nomeados, publicadas no Diário Oficial da União, foram selecionados 194 agentes de polícia, 151 delegados, 78 escrivães, 57 peritos criminais (várias áreas) e 27 papiloscopistas.

A formatura dos candidatos foi realizada na última sexta-feira (8), segundo informações da Federação Nacional dos Policiais Federais - a Fenapef. Compareceram ao evento os representantes do sindicato Luis Boudens (presidente) e Júlio Cesar Nunes (diretor de estratégia sindical).

Também estiveram presentes na formatura o ministro da Segurança Pública e Justiça, Sérgio Moro, e o diretor-geral da PF, Maurício Valeixo, além do Presidente da República, Jair Bolsonaro. O presidente destacou a importância dos novos profissionais.

“E vocês, novos policiais, têm a possibilidade, a partir de agora, ao exercer um bom trabalho, de mudar o destino do Brasil.”

Ainda de acordo com Jair Bolsonaro, uma nova turma do curso de formação será iniciada em março de 2020, com os aprovados remanescentes no cadastro de reserva do último Concurso PF. O grupo deve ser composto de 560 aprovados.

Polícia Federal já solicitou novo concurso à União

Para quem não foi aprovado nesta edição do Concurso PF, esta não é a hora de desanimar. Isso porque a corporação anunciou que já enviou dois pedidos de novos concursos ao Governo Federal.

As solicitações encontram-se sob análise desde maio, não havendo ainda data prevista para o aval. Mas vale ressaltar a alta necessidade de novos servidores para suprir o déficit de pessoal da corporação. A seleção é encarada pelo governo como uma prioridade e a autorização não deve tardar a sair.

Um dos pedidos foi voltado para a área policial. Foram pedidas 600 vagas para agentes policiais, carreira para candidatos de nível superior e que oferece remunerações iniciais de R$12.441,26. As demais carreiras policiais (delegado, escrivão, papiloscopista e perito), no momento, seguem se previsão de novos pedidos.

A outra solicitação encaminhada ao Ministério da Economia, por sua vez, pede o preenchimento de 234 vagas para a área de apoio técnico administrativo. Entre elas, está a de agente administrativo, de nível médio, além de outros cargos de nível superior. A carreira de agente administrativo proporciona salário inicial de R$4.710,76.

                               Fale agora com um consultor

Publicado: 14 de November de 2019