Concurso PC-RJ: saem editais com 350 vagas. Até R$9.924

Polícia Civil lança de uma só vez os seis editais do Concurso PC-RJ, com chances para todos os níveis de escolaridade. Provas a partir de dezembro.

Depois de quase dois anos de espera, foi divulgado o edital Polícia Civil RJ para os cargos auxiliar de necropsia, técnico de necropsia, investigador, inspetor, perito legista e perito criminal.

No total, foram publicados seis editais no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira (23 de setembro). Juntos, os seis cargos totalizam 350 vagas imediatas na Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro. Também será formado cadastro de reserva, permitindo assim a contratação de mais aprovados durante o prazo de validade do concurso PC RJ.

ACESSE POR ESSE LINK TODOS OS SEIS EDITAIS

Os documentos saíram antes do mês de outubro, conforme havia previsto o secretário da corporação, Alan Turnowski. No último dia 13, foi publicado o edital para o sétimo cargo do concurso: delegado, com 50 vagas para graduados em Direito.

As oportunidades oferecidas pela Polícia Civil-RJ contemplam cargos dos níveis fundamental, médio e superior, e as remunerações podem chegar a quase R$10 mil mensais. Confira abaixo:

  • Auxiliar de necropsia – 10 vagas (nível fundamental; R$4.606,29);
  • Técnico de necropsia – 10 vagas (nível médio; R$5.165,75);
  • Investigador - 200 vagas (nível médio + Carteira Nacional de Habilitação na categoria B; R$5.840,37);
  • Inspetor – 100 vagas (nível superior + CNH na categoria B; R$6.380,29);
  • Perito criminal – Cinco vagas (nível superior em Engenharia Civil ou Mecânica ou Química; R$9.924,06);
  • Perito legista – 25 vagas (nível superior em Medicina; R$9.924,06).

Os valores das remunerações, segundo a Acadepol, já incluem R$264 de auxílio-alimentação (valor unitário de R$12 para 22 dias de trabalho). Dentro dessas vagas, haverá oportunidades para candidatos autodeclarado negros ou indígenas, hipossuficientes econômicos e portadores de deficiência.

Períodos de Inscrições

A Fundação Getúlio Vargas, que é banca organizadora desse concurso, abrirá o período de inscrições para todos os cargos a partir das 16h da próxima segunda-feira, dia 27 de setembro. O prazo se encerrará também às 16h do dia 26 de outubro. No dia seguinte (27), encerrará o prazo para o pagamento das taxas de inscrição, que estão nos seguintes:

O pagamento das taxas poderá ser efetuado por meio de serviços bancários disponíveis pela internet, caixas eletrônicos, lotéricas ou rede conveniada com banca, por meio de boleto bancário impresso pelo candidato no ato da inscrição. Pagamentos fora do período estabelecido não serão aceitos pela organizadora e o candidato não estará apto para prestar o concurso. Também não serão aceitos pagamentos feitos por PIX, TED, depósito bancário e similares. 

Os candidatos que estiverem inscritos no CadÚnico ou forem doadores de medula óssea poderão solicitar a isenção da taxa de inscrição entre 27 e 29 de setembro. Porém, é necessário apresentar documentações que comprove que o concorrente esteja em tais condições. Os editais preveem ainda a concessão da isenção parcial de:

  • Um terço para o candidato que comprovar doação de sangue por uma vez nos 120 dias que antecedem a realização das inscrições;
  • Dois terços para o candidato que comprovar doação de sangue por duas vezes nos 240 dias que antecedem a realização das inscrições.

Datas das provas objetivas

Será possível concorrer a mais de um cargo, já que as provas objetivas do concurso PC RJ irão acontecer nas seguintes datas:

  • 5 de dezembro de 2021 (para perito criminal e perito legista);
  • 23 de janeiro de 2022 (para auxiliar de necropsia);
  • 30 de janeiro de 2022 (para inspetor);
  • 6 de fevereiro de 2022 (para técnico de necropsia);
  • 13 de fevereiro de 2022 (para investigador);

As provas objetivas serão compostas por 60 ou 100 questões, dependendo do cargo escolhido, com disciplinas de Conhecimentos Básicos e Específicos:

Auxiliar de Necropsia (60 questões): 30 questões de Conhecimentos Básicos (20 de Língua Portuguesa e 10 de Matemática) e 30 questões de Conhecimentos Específicos (Noções Básicas de Biologia e Anatomia Humanas, Noções de Prova no Processo Penal e Noções de Direito Administrativo);

Técnico de necropsia (60 questões): Língua Portuguesa (20 questões) e Conhecimentos Específicos em Anatomia e Fisiologia Humanas, Noções de Processo Penal e Noções de Direito Administrativo (40 questões).

Investigador (100 questões): Língua Portuguesa (30 questões), Noções de Direito (Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional - 60 questões) e Conhecimentos Básicos de Informática (10 questões);

Inspetor (100 questões): Língua Portuguesa (30 questões), Conhecimentos Básicos de Informática (10 questões) e Conhecimentos Específicos (60 questões em Noções de Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal e Leis Penais e Direito Processual Penal).

Perito criminal (100 questões): Língua Portuguesa (30 questões), Noções de Direito Constitucional, Administrativo, Penal e Processual Penal (20 questões) e Conhecimentos Específicos (engenheiro civil, de engenheiro mecânico e de químico – 50 questões).

Perito legista (100 questões): Língua Portuguesa (30 questões), Noções de Direito Constitucional, Administrativo, Penal e Processual Penal (20 questões), Conhecimentos Específicos (observado o conteúdo programático para carreira de médico - 50 questões).

O edital estabelece que, nessa etapa, avançam os 2.198 mais bem classificados, sendo: 100 aprovados na prova de auxiliar de necropsia, 100 em técnico de necropsia, 1.000 em investigador, 500 em inspetor, 300 em perito legista e 198 em perito criminal. Quem estiver dentro dessas margens de classificação avança para o Teste de Aptidão Física.

Por sua vez, no TAF, o candidato terá de executar quatro exercícios: flexão de cúbitos (braços), flexão abdominal (remador), corrida de resistência e corrida de velocidade, aplicados de forma distinta entre homens e mulheres, segundo as regras que serão estabelecidas no edital.

Além das provas objetivas e do TAF, os aprovados passarão ainda por exame médico, exame psicotécnico e curso de formação, esse último de responsabilidade da Academia de Polícia Sylvio Terra (Acadepol).

Após a homologação de todo o certame, iniciará o prazo de validade, que é de dois anos, podendo dobrar. Os aprovados no concurso PC RJ terão carga de trabalho de 40 horas semanais ou por sistema de escala de serviço e serão contratados pelo regime estatutário, que assegura estabilidade financeira e empregatícia.

 

Fale agora com um consultor!

 

Publicado: 23 de September de 2021