Concurso PC-RJ: nota de corte para ser aprovado como investigador na parte objetiva

Veja quantos pontos basta para conquistar uma das 118 vagas do concurso para investigador, tendo a última seleção como referência.

O mês de junho está terminando e a antiga previsão de que seis editais do concurso da Polícia Civil do Rio de Janeiro acabou não se concretizando, pois ainda não há uma previsão para a realização das provas. Mas isso não é motivo para desânimo, concurseiro. No segundo semestre de 2020 os editais dos sete cargos desse concurso devem ser lançados, afinal essa é uma seleção que independente de qualquer coisa irá acontecer, já que a corporação apresenta 400 vacâncias por mês.

Essa carência de profissionais é ainda maior no cargo de investigador. A última vez que esta carreira contratou novos profissionais foi em 2005, há 15 anos. É muito tempo! Por isso, a realização deste concurso é tão essencial no atual momento e, também, deve receber uma grande quantidade de inscritos para concorrerem a uma das 118 vagas ofertadas. Um dos detalhes que não pode passar despercebido pelo candidato é a nota de corte na Prova Objetiva.

Na ocasião, os concorrentes tiveram de responder a 70 questões de múltipla escolha. Desse total, 30 questões eram de Língua Portuguesa, 30 de Noções de Direito (Penal, Processual Penal, Administrativo e Constitucional) e 10 de Noções de Informática, elaboradas pela Fundação Cesgranrio. A pontuação máxima era de 100 pontos. Claro, que todos querem atingir o topo do resultado positivo no concurso, para garantir com sobras uma vaga de investigador. Mesmo assim, é importante ficar atento a pontuação mínima que você precisa alcançar para garantir a vaga. No concurso de 2005, essa margem era a seguinte:

  • Língua Portuguesa – Pontuação mínima de 30 pontos, equivalendo a 15 questões acertadas;
  • Noções de Direito – Pontuação mínima de 15 pontos, equivalendo a 15 questões acertadas;
  • Noções de Informática – Pontuação mínima de 05 pontos, equivalendo a 05 questões acertadas.

Pontuação Mínima Total: 50 pontos ou superior.

Em caso de candidatos com a mesma pontuação, os critérios de desempate foram, sucessivamente, os seguintes:

  1. Com maior número de pontos na disciplina Língua Portuguesa;
  2. Com maior número de pontos na disciplina Noções de Direito;
  3. Com mais idade.

Apesar de fazer muito tempo da sua realização e da banca organizadora não ser a mesma do processo deste ano, nada impede que você, que pretende ingressar a esse cargo, leve em consideração essa informação durante a rotina de estudos, para ter uma meta de pontuações que você precisará atingir no novo concurso.

Sobre os outros cargos do Concurso da Polícia Civil

Diferente do cargo de investigador, os últimos concursos de algumas das demais carreiras não estão tão distantes assim do nosso presente. Por exemplo, a última seleção para Inspetor (cargo de nível superior), ocorreu em 2012, assim como o cargo de Delegado (destinado a graduandos em Direito).

O concurso para Técnico de Necropsia (cargo de nível médio) teve a última seleção realizada em 2009. De todos os cargos desse processo, aquele que mais tempo não vê um novo concurso é o de Auxiliar de Necropsia (cargo de nível fundamental), lá pras bandas de 2002. Por fim, o último concurso para Perito Legista foi realizada em 2011. Em resumo, em média, as últimas seleções nesses cargos foram feitas de oito à quase vinte anos atrás. Ou seja, o novo concurso para a Polícia Civil precisa acontecer urgentemente.

Quantidade de vagas, Remunerações e Requisitos destinados aos sete cargos

  • 12 vagas para Auxiliar de necropsia: remuneração de R$4.506,27 para cargo de nível fundamental completo;
  • 16 vagas para Técnico de necropsia: remuneração de R$5.277,59, cargo de nível médio completo;
  • 118 vagas para Investigador: remuneração de R$5.740,38 para nível médio completo;
  • 597 vagas para Inspetor: remuneração de R$6.280,31 para nível superior em qualquer área de formação;
  • 54 vagas para Perito Legista: remuneração de R$10.149,95 para nível superior em Medicina, Odontologia, Farmácia ou Bioquímica;
  • 20 vagas para Perito Criminal: remuneração também no valor de R$10.149,95, cargo para nível superior em Engenharia, Informática, Farmácia, Veterinária, Biologia, Física, Química ou Ciências Contábeis;
  • 47 vagas para Delegado: remuneração de R$18.747,95, cargo de nível superior em Direito.

Não perca a live sobre Processo Penal – Inquérito Policial

Nesta terça-feira, no tradicional horário das 18h, acontecerá mais uma live no Instagram da Degrau Cultural, sobre Processo Penal e Inquérito Policial, sob a batuta do Professor Jackson Martins. Essa super aula será muito importante para quem irá trabalhar justamente com inquéritos no dia-a-dia da profissão. Marque na sua agenda e não perca!

Conheça os cargos do próximo Concurso PC-RJ

O concurso PC-RJ 2020 visa preencher um total de 864 vagas na corporação. Desse total, 12 são para auxiliar de necropsia (cargo que exige apenas nível fundamental) e 16 para técnico de necropsia (cargo que exige nível médio de escolaridade). As demais vagas serão distribuídas entre os cargos de  perito legista (54), perito criminal (20), delegado (47), inspetor (597) e investigador (118).

Cargo

N. de Vagas

Requisitos

Remuneração

Auxiliar de Necropsia

12

Nível Fundamental Completo

R$4.506,27

Técnico de Necropsia

16

Nível Médio Completo

R$5.277,59

Perito Criminal

20

Nível Superior em Engenharia, Informática, Farmácia, Veterinária, Biologia, Física, Química ou Ciências Contábeis.

R$10.149,95

Perito Legista

54

Nível superior em Medicina, Odontologia, Farmácia ou Bioquímica

R$10.149,95

Investigador

118

Nível Médio Completo

R$5.740,38

Inspetor

597

Nível Superior em qualquer área

R$6.280,31

Delegado

47

Nível Superior em Direito

R$18.747,95

*Nas remunerações já está somado o valor do auxílio-alimentação.

 

Fale agora com um consultor!

 

Publicado: 30 de June de 2020