Concurso Depen: taxa de inscrição pode ser paga até 30 de junho

Concurso do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), com provas agendadas para setembro, encerra amanhã (30) o prazo para pagamento da taxa.

O candidato que já realizou a inscrição no concurso do Departamento Penitenciário Nacional (Depen), mas ainda não efetuou o pagamento da taxa, tem até a próxima terça-feira (30) para quitar o boleto. O valor da taxa é de R$120 para o cargo de agente federal de execução penal (nível médio) e de R$130 para especialista federal em assistência à execução penal (nível superior). O boleto pode ser pago em qualquer banco, bem como nas casas lotéricas e nos Correios.

Lembrando que o Concurso Depen 2020 visa o provimento de 309 vagas, sendo 294 oportunidades para a carreira de agente federal de execução penal e 15 para especialista federal em assistência à execução penal.

A seleção é em âmbito nacional. O candidato poderá ser lotado em qualquer uma das 05 Unidades Penais Federais. São elas: Penitenciária Federal de Mossoró (RN); Penitenciária Federal de Porto Velho (RO); Penitenciária Federal de Brasília (DF); Penitenciária Federal de Campo Grande (MS); Penitenciária Federal em Catanduvas (PR) ou na Sede do DEPEN, em Brasília (DF). A escolha será feita de acordo com a necessidade da Administração Pública.

A remuneração mensal para o cargo de agente federal de execução penal, grande destaque da seleção, é de R$6.030,23 (valor composto pelo vencimento básico de R$4.170,63; Gratificação de Desempenho de Atividade de Assistência Especializada do Departamento Penitenciário Nacional do Ministério da Justiça (GDAPEN) de R$1.401,60, e auxílio-alimentação no valor de R$458). 

Provas do concurso Depen 2020

As provas do concurso serão aplicadas nas capitais de todos os estados, além das cidades de Mossoró e Catanduvas. 

O edital que informará sobre a consulta aos locais de prova será publicado no dia 26 de agosto. Na mesma data, o Cesbraspe, banca organizadora da seleção, deverá informar o número de inscritos no concurso e a relação candidato/ vaga.

As avaliações objetivas e discursiva estão programadas para serem aplicadas no dia 6 de setembro (para os candidatos aos dois cargos). Para agente federal de execução penal, a prova contará com 30 questões de Conhecimentos Básicos, 50 de Conhecimentos Específicos e 40 de Conhecimentos Complementares. Já para especialista, serão 40 questões de Conhecimentos Básicos, 50 de Conhecimentos Específicos e 30 de Conhecimentos Complementares.

O concurso contará ainda com exame de aptidão física, avaliação médica, avaliação psicológica, investigação social e curso de formação.

Fale agora com um consultor!

Publicado: 29 de June de 2020