Concurso Degase: seleção está 'em fase de implementação do edital'

A assessoria do Departamento Geral de Ações Socioeducativas do Estado do Rio de Janeiro (Degase-RJ) informou, nesta quarta-feira (6), que a organização do novo Concurso Degase está 'em fase de implementação do edital' e preencherá os cargos efetivos em vacância.

A informação foi divulgada através de nota da Procuradoria-Geral do Estado do Rio de Janeiro (PGE-RJ) na terça-feira, 5. Contudo, as entidades ainda não divulgaram quando será aberto o prazo para inscrições no concurso.

A seleção, todavia, segue confirmada pelas autoridades do Rio de Janeiro. Em outubro deste ano, durante sessão na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), o deputado Mário Pacheco afirmou que o secretário de Educação, Pedro Fernandes, assegurou a realização do Concurso Degase.

O debate, na ocasião, era sobre o desligamento de mais de 200 agentes socioeducativos por uma decisão da Justiça. O Degase encontra-se, atualmente, com mais de 800 cargos vagos. Acredita-se que a oferta de vagas do próximo concurso deva ser de, pelo menos, 620 oportunidades, tanto para a carreira de agente como para outras, de níveis médio e superior.

A comissão organizadora da seleção foi formada em fevereiro deste ano, assim como a banca responsável pela publicação e divulgação do edital: a Fundação Ceperj – Centro Estadual de Estatísticas, Pesquisas e Formação de Servidores Públicos do Rio de Janeiro.

Concurso Degase tem preparativos avançados

De acordo com informações da administração estadual, o processo referente aos preparativos do próximo Concurso Degase tem tido movimentações recentes. A última atualização foi no dia 30 de outubro, quando o documento saiu da Secretaria Estadual de Educação-RJ e foi para análise na PGE-RJ.

A expectativa atual é de que o edital da seleção e a abertura do prazo de inscrições ocorra ainda em 2019. No entanto, ainda não há previsão oficial por parte do Degase. Vale ressaltar que, no início do ano, foram criados 332 cargos de agente socioeducativo, sob determinação judicial.

O cargo, portanto, deverá ser o grande destaque da próxima seleção do Degase. A exigência para candidatura é a formação de nível médio e as remunerações iniciais são de R$2.822,57, sendo R$2.572,57 correspondente ao salário base e R$250 de auxílio-transporte. Os selecionados também têm direito a auxílio-alimentação.

Em princípio, as vagas seriam para lotação na cidade do Rio de Janeiro, onde o déficit é significativo. Porém, há possibilidade de outras unidades serem contempladas, principalmente agora com o anúncio de novas instalações. Até 2020 serão construídas 21 unidades nas regiões Norte, Sul, Baixada Fluminense, Região dos Lagos e capital.

 

                                 Fale agora com um consultor

Publicado: 07 de November de 2019