Concurso CGU: reduzido intervalo entre edital e prova

Portaria publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, dia 27, estabelece prazo de dois meses entre a divulgação do edital CGU e a aplicação das provas.

Interessados no concurso CGU devem ficar atentos. O Ministério da Economia autorizou nesta sexta-feira, dia 27, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União, a redução do intervalo entre a divulgação e a aplicação das provas da seleção para 375 vagas na Controladoria Geral da União (CGU).

De acordo com o Decreto 9.739/19, que regulamenta os concursos federais, o prazo é de quatro meses, porém a portaria divulgada nesta sexta-feira, assinada por Caio Mario Paes de Andrade, atual secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia, reduziu esse intervalo para dois meses.

Essa redução do prazo entre a divulgação do edital e a aplicação das provas tem se tornado comum. Diversos órgãos têm feito essa solicitação ao Ministério da Economia. Essa autorização foi concedida, por exemplo, para a Polícia Federal (PF) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), cujos editais foram publicados em janeiro deste ano.

Concurso já está autorizado

O concurso CGU, que foi autorizado pelo Ministério da Economia em 27 de junho, terá oferta de 75 vagas de técnico federal de finanças e controle, de nível médio, e 300 de auditor federal de finanças e controle, de nível superior. As remunerações atuais são de R$7.741,31 e R$19.655.06, respectivamente. Os valores já incluem R$458 de auxílio-alimentação. As contratações ocorrerão pelo regime estatutário, que assegura estabilidade.

A CGU tem seis meses para divulgar o edital, ou seja, até 27 de dezembro. No entanto, muito provavelmente o documento sairá bem antes desse prazo. O ministro da CGU, Wagner do Rosário, não descartou a aplicação das provas este ano, mas falou, para um seguidor em seu Twitter, que o mais provável é que elas aconteçam no início do ano que vem. "É pouco provável (prova este ano). O mais prudente é dizer que será em janeiro ou fevereiro de 2022."

A expectativa é de que, nas próximas semanas, a CGU defina a organizadora do concurso, bem como as localidades que serão contemplados com vagas. Certamente, a maior parte das lotações ocorrerá em Brasília, como ocorre rotineiramente. Na última seleção, realizada em 2012, além da capital federal, houve oportunidades para o Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima.

Saiba como foram os últimos concursos

O concurso CGU de 2012 foi para 250 vagas de analista de finanças e controle, que é o atual auditor de finanças e controle. Na época, as vagas foram distribuídas pelas seguintes especialidades: Geral; Administrativa; Prevenção da Corrupção e Ouvidoria; Tecnologia da Informação / Infraestrutura de TI; Tecnologia da Informação/Desenvolvimento de Sistemas da Informação; Correição; e Comunicação Social.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas, discursiva, sindicância de vida pregressa e curso de formação. Na época, a prova de múltipla escolha contou com questões de Conhecimentos Básicos (Português, Inglês, Espanhol, Raciocínio Lógico Quantitativo e Administração Pública), Conhecimentos Específicos Comuns a todas as áreas (Direito Constitucional, Direito Administrativo e Administração Financeira e Orçamentária) e Conhecimentos Específicos por áreas específicas (disciplinas variam).

Em 2008, a CGU abriu concurso para as duas carreiras. Os candidatos fizeram provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos. Para analista (atual auditor), foram propostas questões de Língua Portuguesa; Língua Inglesa ou Espanhola; Raciocínio Lógico-Quantitativo; Conhecimentos Gerais; e Administração Pública; além de conhecimentos específicos em Direito Constitucional; Direito Administrativo; Administração Financeira e Orçamentária; e Técnicas de Controle.

Já para o cargo de técnico, as provas foram de Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico-Quantitativo e Informática. Na avaliação específica, foram cobradas as disciplinas de Direito Constitucional; Matemática; Língua Inglesa ou Língua Espanhola; Legislação Aplicada à CGU e Regime Jurídico dos Servidores Públicos.

Na ocasião, as vagas foram para as mesmas localidades do concurso de 2012, porém com a inclusão de Tocantins e Mato Grosso.

 

Fale agora com um consultor!

Publicado: 27 de August de 2021