5 opções de carreira para quem está se formando em Direito

O Direito é uma das graduações de nível superior mais respeitadas e procuradas em nosso país. Todos os anos, dezenas de milhares de bacharéis são formados no Brasil, representando um setor com forte oferta de mão de obra – e igualmente com enorme demanda por essa especialidade.

Muitos alunos que estão terminando o curso, ou até recém-formados, se questionam por que caminho seguir no Direito. Não restam dúvidas de que há diversos campos de atuação para quem tem diploma de advogado, mas o que nem todos sabem dizer é quais são os melhores.


Você também pode se interessar:

Concurso DPE-RJ: saiba o que fazem os Técnicos da Defensoria

Inspetor de Polícia Civil: conheça esta grande oportunidade 

Concurso PGE-RJ tem novas movimentações


Nós, da Degrau, temos um segredo para te contar: a grande maioria dos cargos que oferecem uma carreira estável, bem remunerada e de grande impacto social estão no serviço público. Você já conhece as principais opções de trabalho que nossos sistemas judiciário e penal oferecem? Se ainda não está por dentro, preparamos esta lista especialmente para você!

Confira as principais opções de áreas de concurso público para você, que está buscando seu caminho dentro do Direito. Não deixe de conferir, certamente alguma se enquadrará no seu perfil!


Defensoria Pública

Em um país como o Brasil, onde os desrespeitos aos direitos fundamentais são constantemente violados e grande parte da população não tem condições de pagar por um advogado particular, se faz necessário um sistema de defensoria dos desamparados. No Brasil, esta é a função da Defensoria Pública.

Os defensores públicos, portanto, atuam na defesa da população mais pobre. Precisam ser profissionais dedicados e preocupados com o contexto social em que estão inseridos, para que possam compreender a realidade daqueles que atendem. Os órgãos públicos que utilizam estes profissionais são as Defensorias Públicas do Estado, espalhadas pelos estados do país.


Advocacia Pública

A Advocacia Pública, apesar de o nome parecer com o da Defensoria Pública, é um trabalho completamente diferente. Os advogados públicos prestam serviço de defesa a órgãos e instituições estatais, tais como a União, os Estados, os Munícipios, empresas públicas, autarquias, etc.

É inevitável que o Estado, enquanto entidade representada por seus diversos órgãos, não se coloque em impasses jurídicos com outros entes sociais. A atuação dos advogados públicos é justamente esta: fazer o papel de procuradores do estado nestes possíveis processos, respondendo pelos órgãos. Um exemplo de órgão de Advocacia Pública é a Advocacia Geral da União (AGU).


Ministério Público

O Ministério Público tem a função de zelar pelos direitos da população como um todo, atuando como acusador em casos onde uma entidade estatal ou privada desrespeita os direitos coletivos e difusos estipulados na Constituição. Em resumo, o MP atua em questões como meio ambiente, desvios de dinheiro público, propaganda enganosa, combate a grupos de extermínio, entre vários outros tipos crime que não são praticados em prejuízo de um ou poucos indivíduos específicos, mas de parcelas significativas da população ou mesmo ela como um todo.

Existem órgãos do Ministério Público na esfera federal e estadual. Os profissionais que atuam em âmbito federal (Ministério Público da União) são chamados procuradores da República e os que trabalham nos MPEs (Ministério Público do Estado) espalhados pelo Brasil são os promotores de justiça. Exige-se destes servidores persuasão, boa escrita e forte sendo de justiça.


Magistratura

Os magistrados, ou juízes, são os responsáveis por fazer a mediação dos conflitos jurídicos de qualquer sociedade moderna civilizada. Sua tarefa é julgar as situações de discordância entre agentes sociais e determinar uma solução conciliatória (se possível) para o conflito, sempre se utilizando das leis presentes na Constituição Federal como base para estas decisões.

A função primordial do juiz é evitar confrontos que possam evoluir para a violência ou a desordem. Por isso, para tentar esta carreira, o indivíduo deve ser reservado, ter o máximo senso de imparcialidade possível e gostar de estudar (pois as leis e jurisprudências mudam constantemente).


Carreira Policial

As corporações policiais ao redor do país também oferecem boas oportunidades para os profissionais com bacharelado em Direito. O principal cargo que exige estritamente o diploma é o de Delegado de Polícia, que atua na coordenação da rotina diária, tanto administrativa quanto investigativa, das unidades de policiamento. Além deste cargo, também é bastante interessante para inspetores de Polícia compreenderem da legislação nacional, sobretudo a parte de Direito Penal – por mais que não se exija a formação específica em Direito.


Fale agora com um consultor
Publicado: 06 de December de 2018