Novas movimentações no processo do concurso PRF

Tem novidade no concurso PRF 2018! O pedido de realização da seleção da Polícia Rodoviária Federal, que já havia sido encaminhado ao Ministério do Planejamento, voltou a ter movimentações relevantes.


O processo estava parado na Divisão de Concursos Públicos da pasta desde o mês passado, mas na tarde desta terça-feira, 10, passou por importantes movimentações.


Num primeiro momento, o processo foi reaberto pelo gabinete da Secretaria de Gestão de Pessoas do ministério e encaminhado diretamente à SGP.


Após análise da SGP, o pedido passou para o Departamento de Legislação e Provimento de Pessoas, que por sua vez o verificou e remeteu à Coordenação Geral de Concurso e Provimento de Pessoal, onde segue em revisão até o momento.


Em comemoração no Senado pelos 90 anos de existência da PRF, ocorrida no dia 3 de julho, parlamentares e figuras ligadas ao governo se posicionaram a favor do aumento do número de vagas e reiteraram a preocupação com o grave deficit de pessoal enfrentado pela corporação. Entre os presentes estavam o ministro-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Carlos Marun, e o diretor geral da PRF, Renato Dias.


Relembre a situação do concurso


Como já mencionado anteriormente neste blog, o grande entrave para a realização do concurso PRF é a definição do número de vagas disponibilizadas.


O Ministério do Planejamento trabalha inicialmente com o contingente de 500 novos servidores, mas lideranças ligadas à Polícia Rodoviária Federal negociam com o ministério a possibilidade de um aumento na quantidade de vagas disponíveis.


O pedido oficial de aumento no número de vagas, de 500 para 1000, foi encaminhado pelo diretor-geral da PRF, Renato Dias, ao Ministério do Planejamento.


Representantes da FenaPRF chegaram a se reunir no dia 20 de junho com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para discutir as consequências do grave cenário de falta de agentes que enfrenta a PRF. O deficit de pessoal na corporação já está na casa dos 3000 servidores e estima-se que possa piorar devido às aposentadorias que estão por vir.


Apesar da demora na definição da quantidade de vagas disponíveis, os preparativos para o concurso não foram paralisados. Segundo fontes ligadas à PRF, o edital do concurso já está praticamente concluído, aguardando apenas a divulgação da portaria autorizativa.


O processo de seleção da banca organizadora também já está avançado, tendo algumas empresas já entrado em negociação com o órgão.

O que precisa ter para concorrer?

Requisitos ⇒ o candidato precisará ter de 18 a 65 anos de idade. Podem concorrer homens e mulheres e a escolaridade exigida é o ensino superior completo, em qualquer área de formação. A PRF exige ainda que o candidato tenha carteira de habilitação, na categoria B ou superior.

Remuneração ⇒ a remuneração inicial do cargo de policial rodoviário federal é de R$9.931,57 em 2018 e passará para R$10.357,88 em 2019. Os valores já incluem o auxílio-alimentação, que atualmente é de R$458.

Publicado: 11 de July de 2018