Concurso PRF 2020: abertura de nova seleção aguarda autorização

Novo Concurso será destinado para área policial e de apoio

Não só os concurseiros estão ansiosos como a própria Polícia Rodoviária Federal aguarda autorização do Ministério da Economia para abertura para novo concurso público da PRF que preencherá 4.360 vagas na área policial e (nível superior em qualquer área, tendo idade entre 18 e 65 anos e carteira de habilitação), e 75 vagas para agente administrativo (nível médio). Esses números somados chegam ao total de 4.435 vagas. As remunerações atuais são de R$10.357,88 e R$4.022,77, respectivamente.

O Ministro Paulo Guedes já havia se declarado contra a abertura de novos concursos, pois os governos anteriores contratam servidores públicos em demasia, o que provocaria um inchaço nas folhas de pagamento. Em contrapartida, a área de segurança pública e policiamento é o principal pilar do governo Bolsonaro e uma das bandeiras mais defendidas durante a campanha presidencial em 2018. Esse poderá ser um embate interno entre o presidente e o ministro.  

Concurso da PRF poderá acontecer a cada ano

O diretor de Comunicação da FenaPRF, Raphael Casotti, afirma que a entidade está numa ferrenha e constante luta para que o número no efetivo policiais rodoviários federais seja bastante alto:

"É uma pauta permanente que desenvolvemos por acreditar que o maior beneficiado é a própria sociedade brasileira. E a sociedade clama por segurança pública eficiente e de qualidade. Temos resiliência na demonstração da necessidade de se reforçar os quadros da PRF, até chegarmos a um efetivo capaz de atender integralmente a demanda em todas as rodovias e estradas federais e áreas de interesse da União".

De acordo com o presidente da Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF), Deolindo Carniel, a instituição conta com uma promessa do governo Bolsonaro de promover novos concursos para a instituição anualmente até o fim de 2022, com oferta de mil vagas cada. Caso isto se concretize, o total solicitado pode ser dividido por vários editais e contar um contingente 13.098 policiais rodoviários. Além da possibilidade de ter concursos anuais, Carniel comentou que a corporação estaria em processo de tratativa para a convocação dos aprovados antes do fim do prazo de validade do processo.

"É a única forma que nós vemos de enfrentar um déficit a curto prazo. Se abrirmos um novo concurso ano que vem, que é o que vamos lutar, nós não vamos conseguir chamar esses remanescentes, então essa é a maneira que temos de ter mais policiais na rua a curto prazo, chamando esses aprovados."

PRF sofre com carência de pessoal

O último concurso realizado pela federação ocorreu em 2018 e ofertou um de 500 vagas, que é analisado como insuficiente para suprir o déficit   no órgão, que atualmente é de aproximadamente 3 mil profissionais; de janeiro a outubro de 2019 foram mais 400 funcionários da PRF se desligando para se aposentar.

Esse último foi organizado pelo Cebraspe. A seleção para área policial contou com provas objetivas, dissertativas, exames de capacidade física, exames de saúde, avaliação psicológica análise de títulos, investigação social e o curso de formação para os que saírem aprovados no processo. A parte objetiva contou com 120 itens divididas em:

  • Língua portuguesa;
  • Raciocínio lógico-matemático;
  • Informática;
  • Noções de física;
  • Ética no serviço público;
  • Geopolítica brasileira;
  • Legislação de trânsito;
  • Noções de direito administrativo;
  • Noções de direito constitucional;
  • Noções de direito penal e processual penal;
  • Legislação especial e
  • Direitos humanos e cidadania.

Já para a área de agente administrativo, o último concurso PRF foi em 2014, sendo organizado pela Funcab. A prova objetiva contou com 60 questões, sendo:

  • 12 de língua portuguesa
  • 6 de ética e conduta pública
  • 6 de raciocínio lógico
  • 6 de noções de direito constitucional
  • 6 de direito administrativo
  • 6 de noções de administração
  • 6 de noções de arquivologia
  • 6 de noções de informática
  • 6 de legislação relativa à PRF

O concurso também contou com perícia médica e investigação social.

 

Fale agora com um consultor

Publicado: 14 de January de 2020