Concurso PF está confirmado e edital com 2 mil vagas já está sendo elaborado

O concurso da polícia Federal (PF) 2020, com duas mil vagas, está confirmado e o edital está em elaboração. A informação é do ministro da Justiça, André Mendonça.

O concurso PF 2020com 2 mil vagas, foi confirmado. O edital já está sendo elaborado. A informação foi passada pelo Ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, na noite da última sexta-feira (31), durante uma entrevista ao Programa Pingo nos Is, da Jovem Pan. Segundo o Ministro, ele se reuniu esta semana com o presidente da República Jair Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para preparar a seleção, que abrirá duas mil vagas para a corporação. "Nós vamos ter o maior efetivo da história da Polícia Federal, justamente para o combate da criminalidade organizada", afirmou André Mendonça. 

A solicitação da Polícia Federal foi para preencher 1.508 vagas nas áreas Policial e Administrativa. Entretanto, após a declaração do Ministro, a expectativa é de que a autorização seja para um número ainda maior do que o previsto pela corporação. Entretanto, não fica claro na declaração do ministro, se o concurso que já está sendo preparado contempla ambas as áreas (Policial e Administrativa). Porém, a área policial é praticamente certa, uma vez que o Governo Federal já declarou que a prioridade é abrir concurso para atividade-fim.

Atualmente a PF aguarda a autorização oficial (publicação em Diário Oficial) para os seguintes cargos:

Área Policial:

Na área Policial, o pedido de concurso foi para os cargos de agente, escrivão, papiloscopista e delegado. Todos os cargos da área policial exigem nível superior de escolaridade + carteira de habilitação (CNH). Para as três primeiras carreiras, a remuneração é de  R$12.522,50. Já para o cargo de delegado, a remuneração é de R$23.130,48. 

Agente - 540 vagas;

Escrivão - 300 vagas;

Papiloscopista - 60 vagas;

Delegado - 100 vagas.

Área Administrativa:

Na área Administrativa, o pedido de 508 vagas está dividido entre 17 cargos. O grande destaque da solicitação é o cargo de agente administrativo, único que exige apenas nível médio de escolaridade para concorrer. Para essa carreira, foram solicitadas 349 vagas. A remuneração é de R$4.710,76. Os outros 16 cargos que constam no pedido, exigem que o candidato tenha nível superior de escolaridade e oferecem  rendimento mensal de R$5.559,67.

Administrador - 21 vagas;

Arquivista - 8 vagas;

Assistente social - 10 vagas;

Bibliotecário - uma vaga;

Contador - nove vagas;

Economista - 3 vagas;

Enfermeiro - 3 vagas;

Engenheiro - uma vaga;

Estatístico - 4 vagas;

Farmacêutico - uma vaga;

Médico - 65 vagas;

Nutricionista - uma vaga;

Odontólogo - 11 vagas;

Psicólogo - 5 vagas;

Técnico em assuntos educacionais - 13 vagas;

Técnico em comunicação social - 3 vagas;

Agente administrativo - 349 vagas.

Último concurso PRF para a área policial

O último concurso para a área Policial aconteceu em 2018 e teve o Cebraspe como banca organizadora. Na época, foram oferecidas 500 vagas.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetiva, discursiva, exame de aptidão física, prova prática de digitação, avaliação médica, avaliação psicológica, avaliação de títulos, prova oral, investigação social e curso de formação.

Último concurso PRF para a área administrativa

O último concurso para a área Administrativa da Polícia Federal foi em 2013 e teve o Cespe/UnB (atual Cebraspe) como organizador. Na época, foram oferecidas 566 vagas. Dessas, 534 eram para o cargo de agente administrativo. As demais foram para cargos de nível superior.

As oportunidades foram distribuídas por todos os estados, além do Distrito Federal.

As contratações na PF ocorrem pelo regime estatutário, que garante a estabilidade ao servidor, após três anos de pleno exercício do cargo (período do estágio probatório).

Cronograma prevê novos editais PF em outubro

A previsão da Polícia Federal é de que os editais desse concurso sejam lançados em outubro. A corporação continuou trabalhando neste processo para lançá-lo em outubro, mesmo com a autorização não tendo sido concedida em maio, como era esperado pela corporação.

Analisando como transcorreram os trâmites de lançamento do edital do último concurso da Polícia Federal, realizado em 2018, é possível que ele não demore a ser divulgado, já que a PF precisou de apenas dois meses após a escolha da banca organizadora para lançar o edital. Com as declarações do Ministro confirmando o novo concurso da Polícia Federal, é muito provável que o edital seja divulgado ainda neste ano.    

Confira as principais datas do cronograma da PF que havia vazado

Assinatura do contrato com a banca - 28/09/2020

Publicação edital (agente e papiloscopista) - 05/10/2020

Publicação edital (escrivão e delegado) - 22/11/2020

Provas objetivas e discursivas (agente e papiloscopista) - 07/02/2021

Provas objetivas e discursivas (escrivão e delegado) - 28/03/2021

Exame de aptidão física (agente e papiloscopista) - 11/04/2021

Exame médico (agente e papiloscopista) - 17/05/2021

Preenchimento da ficha de informações confidenciais (agente e papiloscopista) - 18/05 a 25/05/2021

Avaliação psicológica (agente e papiloscopista) - 24/05/2021

Exame de aptidão física (escrivão e delegado) - 06/06/2021

Perícia médica (agente e papiloscopista) - 27/06/2021

Procedimento de heteroidentificação - 28/06/2021

Exame médico (escrivão e delegado) - 11/07/2021

Preenchimento da ficha de informações confidenciais (escrivão e delegado) - 12 a 19/07/2021

Resultado da primeira etapa (agente e papiloscopista) - 21/07/2021

Prova oral (delegado) - 21 e 22/08/2021

Avaliação psicológica (escrivão e delegado) - 26/09/2021

Perícia médica (escrivão e delegado) - 30/10/2021

Processo de heteroidentificação (escrivão e delegado) - 31/10/2021

Resultado final primeira etapa (escrivão e delegado) - 21/12/2021

Nomeação (agente e papiloscopista) - 27/12/2021

Fale agora com um consultor!

Publicado: 01 de August de 2020