Camila Cabral

Camila Cabral

Guarda Municipal Niterói e Maricá

Classificado

Meu nome é Camila, tenho 25 anos, estudei na Degrau de Niterói e fui aprovada no Concurso da Guarda Municipal de Niterói e Guarda Municipal de Maricá. Antes eu fazia faculdade e trabalhava. Quando terminei a faculdade decidi começar a estudar pra concurso. Desde nova sempre me identifiquei com a área [de segurança pública]. E como eu queria o cargo de policial - é a Polícia Civil que eu quero - e dependia de concurso, então eu comecei a estudar para os cargos de nível médio, porque ainda não tinha muita experiência. Esses foram meus dois primeiros concursos e minhas duas aprovações. Nunca pensei em desistir, apesar das dificuldades, porque eu sempre acreditei no meu objetivo. Não tentei estudar sozinha antes de procurar o curso, pois eu sempre achei que fosse necessário ter uma base para iniciar os estudos com relação a concurso público. A minha rotina era: trabalhava durante o dia, à noite, de 2ª a 6ª vinha pro curso, e aos finais de semana estudava em casa. O maior desafio foi conciliar o trabalho e os estudos. Eu passava mais de 15 horas fora de casa. A determinação e a disciplina foram essenciais para eu conseguir um resultado positivo. Eu decidi procurar a Degrau, porque era um curso que já era conhecido no mercado e com indicação de amigos, que já tinham um bom resultado. E a Degrau me auxiliou muito a entender como se estudava. Porque não é apenas ler; é você entender e saber o que é importante para absorver. No momento em que eu vi minha aprovação a primeira sensação foi de missão cumprida. Eu não esperava, por ser o primeiro concurso e eu sei que isso não é a regra: passar de primeira e de segunda. É um caminho muito longo. Mas eu me dediquei muito. Abdiquei de muitos finais de semana e muitos feriados. No primeiro concurso, por diversas vezes eu contei a pontuação errada e pedi para outras pessoas conferirem minha prova. Só assim eu consegui ver que, realmente, eu tinha passado. Não acredito que existe um perfil de concurseiro. Porque eu tive muitas dificuldades. E as dificuldades que eu tive, outras pessoas também podem ter. O essencial é a disciplina, o esforço e acreditar no que você tá fazendo. Um conselho que eu dou para as pessoas que estão estudando é não deixar de acreditar nos seus sonhos, mesmo que outras pessoas digam que é difícil, que vai demorar… é acreditar, ter disciplina e força de vontade.